Categoria: Lucro Real

Planejamento Tributário – Levantamento patrimonial nos estoques

Planejamento Tributário – Levantamento patrimonial nos estoques

Todos os estoques em 01.01 devem ser contabilizados desta maneira estoques estoques em andamento estoques em poder de terceiros As empresas industriais podem arbitrar os produtos acabados em 70% do maior preço de venda do ano anterior, gerando com isso um estoque maior para ser baixado como custo das vendas no ano que optou pelo …

+ Read More

Levantamento Patrimonial – Duplicatas a receber, cheques e outros créditos

Levantamento Patrimonial – Duplicatas a receber, cheques e outros créditos

Incluir no saldo inicial as Duplicatas, cheques, notas promissórias e outros créditos não recebidos e anos anteriores que podem ser baixadas como perdas e reduzir o lucro tributável – art. 9º a 12 da Lei 9.430/96: 1 – Créditos em que o devedor foi declarado insolvente pelo Poder Judiciário; 2 –  Créditos sem garantia, de …

+ Read More

Mudança do Lucro Presumido para o Lucro Real no decorrer do ano – após pagamento da 1ª DARF – IRPJ pelo Presumido

Mudança do Lucro Presumido para o Lucro Real no decorrer do ano – após pagamento da 1ª DARF – IRPJ pelo Presumido

A opção pelo lucro arbitrado, pode ser utilizada para regularizar a escrita contábil e fiscal da empresa, bem como para planejamento tributário. Por exemplo, em um determinado ano a contabilidade da empresa está inconsistente, com saldos incorretos, passivos inexistentes, ativos irreais, bem como a documentação suporte é imprestável. Seria viável no ano corrente optar pelo …

+ Read More

Incentivo Fiscal – IRPJ – Vale Cultura

Incentivo Fiscal – IRPJ – Vale Cultura

Observadas as normas operacionais e demais trâmites formais instituídos pela Lei 12.761/2012, regulamentada pelo Decreto 8.084/2013, podem as pessoas jurídicas optantes pelo Lucro Real aproveitar incentivos fiscais em relação a distribuição de vale-cultura. DEDUÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA DEVIDO Nos termos regulamentados, até o exercício de 2017 (ano-calendário de 2016) o valor despendido a título de aquisição …

+ Read More

Planejamento Tributário – Ajustes de balanço e opção Trimestral pelo Lucro Real

Planejamento Tributário – Ajustes de balanço e opção Trimestral pelo Lucro Real

Os cuidados nos procedimentos de encerramento de balanço, em 31 de dezembro, podem permitir ganhos tributários, no caso de empresa tributada pelo Lucro Real. Exemplo: Atualização dos débitos sujeitos à taxa de juros ou de índices de inflação. Se houver uma dívida de R$ 1.000.000,00, corrigida pelo IGP-M anual, deve-se contabilizar, como despesa financeira, a …

+ Read More

Economia Tributária na Mudança do Lucro Presumido para o Lucro Real – Como Zerar ou Reduzir o IRPJ, CSLL, PIS e Cofins

Economia Tributária na Mudança do Lucro Presumido para o Lucro Real – Como Zerar ou Reduzir o IRPJ, CSLL, PIS e Cofins

As empresas optantes pelo Lucro Presumido ou Simples têm a data limite até 30.04.2018 para optar pelo Lucro Real ou presumido. A opção pela tributação com base no Lucro Presumido será manifestada com o pagamento da primeira ou única quota do imposto devido correspondente ao primeiro período de apuração de cada ano-calendário, conforme § 1º …

+ Read More

Restituição em dinheiro PIS e COFINS dos últimos 05 anos – Agroindústria Arroz

Restituição em dinheiro PIS e COFINS dos últimos 05 anos – Agroindústria Arroz

A agroindústria do arroz pode ressarcir e restituir em dinheiro PIS e COFINS sobre os gastos extemporâneos e atuais de: – Embalagens e outros insumos tributados pelo Pis e Cofins na aquisição – Frete pago no transporte em que a empresa assumiu o ônus. – Energia elétrica – Aquisição de imobilizado – Despesas de armazenagem …

+ Read More

Poderá haver mudança do regime de tributação durante o ano-calendário para o contribuinte que já efetuou o recolhimento com base no lucro arbitrado?

Poderá haver mudança do regime de tributação durante o ano-calendário para o contribuinte que já efetuou o recolhimento com base no lucro arbitrado?

A pessoa jurídica que, em qualquer trimestre do ano-calendário, tiver seu lucro arbitrado poderá optar pela tributação com base no lucro presumido nos demais trimestres, desde que não esteja obrigada à apuração pelo lucro real.  Normativo: RIR/1999, art. 531, inciso I, e IN SRF nº 93, de 1997, art. 47. A opção pelo lucro arbitrado, pode ser …

+ Read More

O que se entende por receitas e despesas não operacionais?

O que se entende por receitas e despesas não operacionais?

Receitas e despesas não operacionais são aquelas decorrentes de transações não incluídas nas atividades principais ou acessórias que constituam objeto da empresa. Tratando da matéria, o RIR/1999 expressamente discrimina o que se considera como resultados não operacionais, os quais se referem, basicamente, a transações com bens do ativo permanente. Notas:  1) Com a edição da Lei nº …

+ Read More

O que deverá conter a Parte B do Lalur?

O que deverá conter a Parte B do Lalur?

Na Parte B do Lalur serão mantidos os registros de controle de valores que, pelas suas características, integrarão a tributação de períodos subsequentes, quer como adição, quer como exclusão ou compensação. Como exemplos, podem ser citados: a) adições: receitas de variações cambiais diferidas até o momento de sua realização, ressaltandos e que essas receitas, apropriadas na contabilidade …

+ Read More

logo_valor_siteInscreva-se para receber notícias e novidades do valor tributário